Movimentando 169
NÚMERO 169-JULHO 2020

Matéria 07 de 08

JORNADA ‘NA CIDADE, SEM CARRO’

Instituto RUAVIVA e Instituto MDT preparam o Manifesto da 20ª Jornada Brasileira ‘Na Cidade, Sem Carro’

Está em preparação o Manifesto da 20ª Jornada Brasileira ‘Na Cidade, Sem Carro’ trazendo o debate sobre os caminhos a serem percorridos para que alcancemos Mobilidade Sustentável, com a ampliação da mobilidade ativa garantia da permanência do Transporte Público regular no país neste momento e após a pandemia. Conduzida pelo Instituto RUAVIVA e com permanente apoio do Instituto MDT, há duas décadas a Jornada Brasileira ‘Na Cidade, Sem Carro’ traz anualmente para a sociedade e os meios políticos do país uma reflexão sobre a necessidade da mudança do modelo de mobilidade baseado no uso excessivo de automóveis e, mais recentemente motos, que geram mortos e feridos no trânsito urbano e nas estradas, ampliam a poluição ambiental e sonora, com consequências para a saúde da população, e reduzem a eficiência do transporte de pessoas e de cargas nas cidades, com perdas significativas para a economia e para os cidadãos

Está em preparação o Manifesto da 20ª Jornada Brasileira ‘Na Cidade, Sem Carro’ trazendo o debate sobre os caminhos a serem percorridos para que alcancemos Mobilidade Sustentável, com a ampliação da mobilidade ativa garantia da permanência do Transporte Público regular no país neste momento e após a pandemia.

Conduzida pelo Instituto RUAVIVA e com permanente apoio do Instituto MDT, há duas décadas a Jornada Brasileira ‘Na Cidade, Sem Carro’ traz anualmente para a sociedade e os meios políticos do país uma reflexão sobre a necessidade da mudança do modelo de mobilidade baseado no uso excessivo de automóveis e, mais recentemente motos, que geram mortos e feridos no trânsito urbano e nas estradas, ampliam a poluição ambiental e sonora, com consequências para a saúde da população, e reduzem a eficiência do transporte de pessoas e de cargas nas cidades, com perdas significativas para a economia e para os cidadãos.

Os Manifestos sobre a Jornada Brasileira ‘Na Cidade, Sem Carro’ convocam os cidadãos a deixarem as ruas repletas de PAZ NO TRÂNSITO, reduzindo as velocidades das vias urbanas, implantando FAIXAS EXCLUSIVAS, INFRAESTRUTURAS PARA BICICLETAS e Calçadas Acessíveis para que se tornem o espaço de construção de uma nova urbanidade e de uma nova vida com paz para os moradores das cidades.

Nesse ano de pandemia e no qual a qualidade do transporte público, o questionamento dos privilégios dados aos automóveis e a ausência do governo federal e a ação interfederativa entrou na pauta da sociedade, propostas defendidas há muitos anos nas Jornadas Brasileiras de haver uma política radical e estacionamento e a implantação do SUM devem voltar ao Manifesto de 2020.

Voltar